Paraná sedia 20ª RBMCSA

Paraná sedia 20ª RBMCSA

Após 26 anos, o Paraná volta a sediar a Reunião Brasileira de Manejo e Conservação do Solo e da Água (RBMCSA), que chega a sua vigésima edição consolidada como o principal fórum multidisciplinar para discussões técnico-científicas e delineamento de alternativas para a conservação do solo e da água no Brasil. O evento será realizado entre os dias 20 e 24 de novembro de 2016, em Foz do Iguaçu, com o tema “O solo sob ameaça: conexões necessárias ao manejo e conservação do solo e água”.

Realizada pelo Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR) e pelo Núcleo Estadual Paraná da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo (NEPAR-SBCS) e parceiros, a XX RBMCSA tem como missão contribuir com soluções sobre o aumento de produção aliado à conservação das terras agrícolas.

Evento técnico científico e de inovação tecnológica, a XXRBMCSA promovida pela SBCS em parceria com os núcleos regionais e instituições parceiras, tem por objetivo promover sistemas sustentáveis de uso dos recursos solo e água para todos os biomas brasileiros.

A programação do evento mescla a apresentação de novos conhecimentos científicos com temas de cunho educacional, de difusão de tecnologia e até mesmo aspectos legais que envolvem a conservação do solo. São convidados a contribuir, professores e pesquisadores da mais alta qualificação e experiência, além de empresas e representantes da administração pública que tem ação interfacial com o tema. Serão quatro dias de intensos debates, onde serão realizadas quatro palestras em sessão plenária única e quatorze painéis de discussão técnica com duas ou três contribuições técnicas em cada, o que irá proporcionar aos congressistas a discussão e a apropriação de extenso conteúdo técnico.

Além das palestras e painéis, serão apresentados trabalhos científicos na forma oral ou de pôsteres, com resultados de pesquisa atuais e inovadores de todas as subcomissões científicas ligadas ao manejo e conservação do solo. Esta prevista também a realização de minicursos e excursões técnicas a campo.

A cidade das Cataratas foi escolhida para sediar o evento por três motivos:a profunda ligação da região com o tema por situar-se na convergência de duas das maiores bacias hidrográficas do Brasil, a do Rio Paraná e a do Rio Iguaçu, que são precursoras da formação da Bacia do Prata, uma das mais importantes da América do Sul; por ser uma região de solos dos mais férteis do Brasil, que abrigam uma agricultura extremamente moderna e produtiva, além das belezas e encantos naturais das suas cachoeiras e parques em conjunto com boa malha aérea, capaz de receber participantes de todo o País.

Espera-se um público de 600 participantes entre professores, pesquisadores e extensionistas, profissionais da iniciativa privada, estudantes de graduação, pós-graduação e agricultores, e a apresentação de 300 trabalhos científicos.

Para mais informações acesse o site oficial do evento: http://www.rbmcsa2016.com.br/

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *